Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Susana Vieira fala sobre o futuro: “Não perdi minha sensualidade”

Susana Vieira fala sobre o futuro: “Não perdi minha sensualidade”

A atriz Susana Vieira, 78 anos, foi a convidada do Conversa com Bial. Durante a entrevista com o jornalista, a veterana da Globo esbanjou sinceridade.

“Não perdi minha sensualidade apesar da terceira idade. Isso é o que me faz viver, respirar: achar que eu ainda vou ser chamada de mulher gostosa”, disse logo no início do bate-papo.

“Minha gostosa! Você com esse seu tesão que irradia pela vida, pela arte, você contagia as pessoas com isso”, completou Bial. Em seguida, o apresentador perguntou à Susana como foi encarar, com todo esse ímpeto pela vida, as limitações impostas pela pandemia.

“Eu me senti várias vezes existencialmente, figurativamente, como se eu tivesse morrido. Porque o fato de eu enxergar, eu ouvir, eu comer, eu tomar banho, não tinha o menor sentido porque não era pra nada, eu não ia chegar a lugar nenhum. O que eu mais senti foi o sentimento de estar morta em vida”, disse a atriz.

Para não deixar a tristeza tomar conta, Susana tentou pensar no que a motiva a seguir em frente.

“Me senti muito mal, mas não consegui desligar uma coisa aqui que é vida. Eu ainda acho que vou transar muito, ainda acho que eu vou beijar muito na boca, que alguém vai me abraçar e dizer que eu sou muito gostosa, ainda acho que vou voltar para a Grécia que não vou há anos… acho que isso, dentro de mim, não me deixou morrer em vida”, destacou a atriz.

Autoestima

Dona de uma autoestima inabalável, Susana disse que as pessoas chegam a ver a característica como um defeito em sua personalidade.

“Eu tenho uma doença incurável, a leucemia, se eu não dissesse que eu fico ‘bonitinha com aquela blusa’, eu já teria morrido. Eu acho que a autoestima te economiza tristezas e aborrecimentos, facadas que você se dá”, disse.

“Você tem mais é que esbanjar autoestima mesmo. Às vezes, as pessoas invejam quem tem o despudor de dizer isso”, elogiou o apresentador.

A edição exibiu um compilado de aparições de Susana em entrevistas na televisão onde ela exalava amor próprio em suas respostas.

OUTRAS NOTÍCIAS