Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Mototaxistas de Feira de Santana protestam cobrando liberação de alvará por parte da Prefeitura

Mototaxistas de Feira de Santana protestam cobrando liberação de alvará por parte da Prefeitura

Mototaxistas que atuam em Feira de Santana protestam cobrando a liberação de alvará por parte da Prefeitura. Também lamentaram a acentuada queda no movimento devido à pandemia de covid.

A categoria se concentrou em frente ao paço Municipal Maria Quitéria, na tarde de terça-feira (13), em busca de uma audiência com o prefeito Colbert Filho. Em entrevista ao repórter Carlos Valadares, no programa Jornal TransBrasil, na rádio TransBrasil, comandado por Carlos Geilson, a presidente da Associação dos Mototaxistas de Feira de Santana, Uda Barros, cobrou a liberação do alvará.

“Buscamos o diálogo com a Prefeitura, mas até agora não fomos atendidos. Estamos aptos a receber o alvará de funcionamento. Nos cobraram veículo novo, documentação atualizada, pagamento de taxas, mas não liberam o alvará. Investimos entre R$ 15 e R$ 16 mil e até agora, nada”, protesta Uda.

Para Uda Barros, a falta do alvará para os legalizados incentiva a atuação dos mototaxistas clandestinos. “Enfrentamos a redução drástica da demanda devido à pandemia e ainda a atuação dos clandestinos”, pontua a dirigente.

Os mototaxistas não foram atendidos pelo prefeito Colbert Filho, como desejavam, mas o secretário municipal de Transportes e Trânsito, Saulo Figueiredo, anunciou uma reunião com a categoria na quinta-feira (15), na sede da SMTT.

Informações: Olá Bahia

OUTRAS NOTÍCIAS