Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Em 25 dias, média móvel de novos casos da Covid-19 praticamente dobrou na Bahia

Em 25 dias, média móvel de novos casos da Covid-19 praticamente dobrou na Bahia

A retomada do crescimento da Covid-19 no Bahia está longe de ser uma anedota pós-eleições ou apenas um inimigo ilusório a ser combatido pelo negacionistas. Em 25 dias, considerando o cálculo de média móvel, o número de novos casos diários praticamente dobrou no estado, saindo de 1.205 para 2.393. O mesmo avanço é observado no número de casos ativos: a Bahia saltou da faixa de 6 mil para 11.029 registros confirmados nesta segunda-feira (30) pela Secretaria Estadual de Saúde.

 Já a taxa da ocupação de leitos de UTI Covid-19 do Estado saiu de 53,22% para 67,83% em apenas 15 dias, mesmo com um leve aumento de leitos – que foram de 853 em 16 de novembro para 861 nesta segunda.

 Em Salvador, o avanço também tem acendido o alerta das autoridades de saúde. Nesta segunda, o prefeito ACM Neto (DEM) citou um planejamento de reabertura dos leitos de tratamento da Covid-19 caso a taxa de ocupação atinja a margem de 60%.

 Segundo Neto, o objetivo é “ir abrindo novos leitos para que esta margem de segurança possa ser respeitada”. A capital baiana tinha, em 6 de novembro, 1.008 casos ativos da doença. No boletim de ontem, o total de casos nesta categoria era de 1.732. Um aumento de 71%.

 Conforme divulgação da Secretaria Municipal de Saúde, a capital baiana tem, nesta segunda, 66% dos leitos totais ocupados. No caso de UTI adulto, a margem de ocupação é de 65%. Já os leitos clínicos têm 69% de ocupação.

OUTRAS NOTÍCIAS