Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Com sorteio de componentes e novos depoimentos, justiça determina retomada da CPI das Cestas Básicas na Câmara de Feira de Santana

Com sorteio de componentes e novos depoimentos, justiça determina retomada da CPI das Cestas Básicas na Câmara de Feira de Santana

Com nova composição, agora definida por meio de sorteio conforme determinação judicial, a Câmara Municipal retomou a CPI da Cesta Básica, nesta quarta-feira (22). Os trabalhos da comissão foram suspensos em maio deste ano, por força de mandado de segurança impetrado junto à 2ª Vara da Fazenda Pública de Feira de Santana por um grupo de vereadores da base governista.

A CPI passa a ser integrada pelos vereadores Emerson Minho (DC), Luiz da Feira (PROS) e Zé Curuca (DEM), nomes sorteados, tendo como suplentes Silvio Dias (PT) e Eremita Mota, indicados pelo presidente do Legislativo, Fernando Torres (PSD). Inicialmente foi escolhido para a suplência o vereador Paulão do Caldeirão (PSC), mas o mesmo declinou, acatando sugestão da presidência, por ter sido autor do pedido do instalação da comissão.

Fernando Torres (PSD) explicou que no caso das outras CPIs não será adotado esse procedimento, sendo os membros escolhidos pela Mesa Diretiva, conforme prevê o Regimento Interno da Casa Legislativa. Para assegurar a transparência do processo, a conferência foi feita pelo próprio presidente, mais os vereadores Pastor Valdemir (PV), Professor Ivamberg (PT) e Lu de Rony (MDB), representando os grupos governista, da oposição e dos aliados, respectivamente.

Informações: Ascom

OUTRAS NOTÍCIAS