Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Centro de Oncologia Infantojuvenil do HEC completa dois anos de funcionamento

Centro de Oncologia Infantojuvenil do HEC completa dois anos de  funcionamento

unnamed

O Centro de Oncologia Infantojuvenil (COI) do Hospital Estadual da Criança (HEC), que é administrado pela Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil (LABCMI), completa dois anos de funcionamento nesta quinta-feira (5).

Ao longo desse período, cerca de 180 pacientes já foram tratados; desse total, 60 concluíram o tratamento e 46 pacientes encontram-se em terapia na unidade.

De acordo com o coordenador do Centro de Oncologia do HEC, Dr. Maurício Meira, apesar da dificuldade que a saúde pública vem passando, o COI vem apresentando um crescimento regular desde a sua implantação. “Recebemos cerca de 90 pacientes nos últimos 12 meses. As principais dificuldades encontradas são a realização de exames de alto custo e exames com necessidade de sedação”, explica.

Dr. Maurício Meira acrescenta: “Contudo, apesar das adversidades, a equipe da Oncologia, juntamente com a equipe multidisciplinar e a diretoria do HEC, vem lutando para vencer qualquer obstáculo e oferecer um tratamento oncológico de qualidade para as crianças baianas”, frisa.

Vale ressaltar que, no mês de setembro, comemorou-se o “setembro dourado”, campanha voltada para alertar a importância do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil. Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam que cerca de 10 mil novos casos de câncer infantojuvenil são registrados, todos os anos, no Brasil.

OUTRAS NOTÍCIAS