Câmara aprova inclusão de igrejas e templos religiosos como atividade essencial

Câmara aprova inclusão de igrejas e templos religiosos como atividade essencial

A Câmara Municipal de Feira de Santana aprovou, em primeira discussão, nesta terça-feira (27), o projeto de autoria do vereador Pastor Valdemir (PV) que torna igrejas e templos religiosos como atividade essencial durante períodos de calamidade pública no Município.

Ele justificou que a igreja faz toda a diferença na sociedade e é muito mais do que local de reunião espiritual e citou ações sociais que vêm sendo desenvolvidas por pastores, em especial durante o período de pandemia em que as pessoas têm passado por dificuldades financeiras.

O vereador ressaltou que apesar do projeto autorizar que esses locais se mantenham abertos durante a pandemia, deixa claro que as regras sanitárias devem ser seguidas. O vereador Silvio Dias (PT) falou contrário ao projeto, ressaltando que não se pode misturar religião com política.

Informações: Bahia na Política

OUTRAS NOTÍCIAS