Acusada de transfobia, Marília Mendonça é detonada na web por comentário em live; veja vídeo

Acusada de transfobia, Marília Mendonça é detonada na web por comentário em live; veja vídeo

Marília Mendonça é o nome da vez da nova onde “cancelamento” na web, pelo menos para o público  LGBTQIA+. O motivo foi um comentário feito durante a live ‘Lado B’, que ela fez no último sábado (8) e levou internautas a lhe acusarem de transfobia, tornando-a um dos assuntos mais comentados das redes sociais.

Durante uma pausa na cantoria, Marília resolveu conversar com sua banda e acabou rindo de um amigo que teria ficado com uma mulher trans numa boate de Goiânia chamada Diesel – o estabelecimento não existe mais. “Disse que lá foi o lugar em que ele beijou a mulher mais bonita da vida dele. É só isso. O contexto vocês não vão saber”, afirmou ela. No set da live, a cantora e seus músicos deram a entender que ficaram desconfiados de que a mulher seria transexual e o músico logo ‘se defende’ dizendo: “Era mulher mesmo, porra”.

No Twitter, diversos usuários se manifestaram contra a “brincadeira” da cantora. “Estou 0% chocado com esse comentario infeliz da Marília Mendonça sendo transfóbica, nunca me enganou essa militante de telão sonsa”, comentou um internauta ao compartilhar as imagens. “Marília Mendonça fazendo chacota de mulheres trans, decepcionado demais com ela pqp”, postou outro.

No domingo (9), a transexual Bruna Andrade gravou um vídeo falando sobre o episódio. “Eles estavam debochando do amigo que ficou com uma menina trans. Quando eu terminei de ver isso eu fiquei me perguntando ‘qual é a graça de um cara cis se relacionar com uma mina trans?’, sendo que umas duas músicas antes, ela tinha enaltecido o relacionamento de um outro músico da banda dela com uma menina cis. Ficou muito claro que quando o cara se relaciona com uma mina cis, aí é palmas, aí é lindo, é família, é parabéns. Mas quando o cara se relaciona com uma mina trans, é chacota, é piada, é vergonha”, disse.

OUTRAS NOTÍCIAS