Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

“Tinha que ter montado um time mais competitivo”, diz Presidente do Bahia após rebaixamento

“Tinha que ter montado um time mais competitivo”, diz Presidente do Bahia após rebaixamento

Após a derrota do Bahia por 2 a 1 para o Fortaleza e o triunfo do Juventude, o clube está rebaixado para a segunda divisão. Em entrevista coletiva, o presidente Guilherme Bellintani falou sobre motivos que levaram a queda do tricolor.

”Tinha que ter montado um time mais competitivo. Não quero tirar nenhum milímetro da minha responsabilidade, dos meus erros, mas se a gente olhar final do ano de 2020, tivemos um déficit muito grande no clube. Nós voltamos em 2021 sem absolutamente nenhum investimento. O Bahia gastou quase nada com aquisição de atletas, justamente por uma responsabilidade financeira que precisava ser feita naquele momento com os recursos que a gente tinha”, disse.

”Campeonato absolutamente atípico, com a proximidade de clubes disputando o rebaixamento e a primeira página da tabela. A gente viu também uma sequência de erros de arbitragem. O que aconteceu nesse campeonato foi um grande absurdo, principalmente nesse reta final que, de sete jogos pelo menos cinco absolutamente polêmicos. Por mais que eu não coloque na arbitragem a responsabilidade, é preciso pontuar que o Bahia foi prejudicado em cinco de sete jogos, de forma muito clara, na nossa opinião”, acrescentou.

Além do resultado negativo tricolor, o Juventude venceu por 1 a 0 o Corinthians, sacramentando a queda do Esquadrão. Com isso Grêmio, Bahia, Sport e Chapecoense estão rebaixados para a Série B.

Informações: Bnews

OUTRAS NOTÍCIAS