Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Rejeitado, Bolsonaro aumenta viagens para conquistar nordestinos

Rejeitado, Bolsonaro aumenta viagens para conquistar nordestinos

O presidente Jair Bolsonaro tem tomado outros rumos. Em busca de cativar um outro eleitorado, ele passou a visitar com mais frequência a região Nordeste este ano em detrimento do Sudeste.

De acordo com informações da coluna do Guilherme Amado, do Metrópoles, com base em dados levantados pela Fiquem Sabendo, agência especializada em pedidos de Lei de Acesso à Informação, até o fim de agosto de 2021, foram 77 deslocamentos nacionais.

Desse total, 17 foram para o Nordeste. No mesmo período de 2020, foram só sete viagens para a região, o que representa uma alta de 142%.

O total de vezes que Bolsonaro foi ao Nordeste em oito meses de 2020 foi quase o equivalente a todas as vezes em que foi para lá em 2020 (18).

O Nordeste e o Sudeste são considerados essenciais para que o Bolsonaro possa levar as eleições de 2022 e continuar no assento de presidente. As duas regiões concentram quase 150 milhões de habitantes, o equivalente a 70% da população brasileira, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Mas ele precisa percorrer um longo caminho, isso porque a sua rejeição é grande entre os nordestinos. Segundo dados da mais recente pesquisa EXAME/IDEIA, 66% dos deles desaprovam o governo.

Informações: Exame

OUTRAS NOTÍCIAS