Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Modelo é alvo de investigação por associação ao tráfico internacional de mulheres

Modelo é alvo de investigação por associação ao tráfico internacional de mulheres

Núbia Óliiver está sendo investigada pela Polícia Federal por suposta associação ao tráfico internacional de mulheres. As informações foram divulgadas no Fantástico. Os investigadores afirmam que a modelo auxiliava no processo de seleção das mulheres que foram traficadas pela quadrilha.

“Te passei umas meninas aí para te ligarem. Essas eu sei que são do Rio [de Janeiro]”, afirmou a modelo em conversa com Rodrigo Cotait, apontado pela polícia como o chefe do esquema de exploração sexual. “Você acha que R$ 10 mil a gente consegue cobrar? Aí a gente dá R$ 5 mil para ela e divide R$ 5 mil”, indagou o acusado.

Em seguida, nos áudios divulgados na reportagem, Núbia pediu para não ser citada nominalmente nas negociações: “Só não usa meu nome, porque como a gente é mais conhecida, não gera fofoca, enfim”.

Durante a Operação Harém BR, a Justiça autorizou um mandado de busca e apreensão no apartamento da modelo. No começo da última semana, Rodrigo foi preso no seu apartamento, em São Paulo (SP).

Para o Fantástico, a defesa de Núbia informou que não deseja se manifestar sobre o caso. Os advogados de Rodrigo afirmaram que ele foi alvo de “ilegal mandado de prisão” e que confiam na Justiça brasileira, pois esperam que “essa injustiça seja reparada o mais breve possível”.

Informações: Istoé

OUTRAS NOTÍCIAS