Homem mata esposa, liga para polícia e quando os militares chegaram no local encontram mais uma tragédia

Um homem de 37 anos matou a companheira a facadas e depois se suicidou. O caso aconteceu neste domingo (6), no Jardim Ometo, em Araras, interior de São Paulo.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o homem ligou para a polícia e informou sobre o homicídio. Equipes se deslocaram até a casa onde o casal morava e encontrou a mulher, de 29 anos, caída, atingida com diversos golpes de faca pelo corpo.
Ao lado da vítima, policiais encontraram o corpo do suspeito,l mas sem ferimentos. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e confirmou a morte do casal.
De acordo com a SSP, o homem teria confessado o crime a familiares antes de tirar a própria vida. Em uma suposta conversa, exposta pelo g1, ele diz a familiares que a mulher está morta.

“Foi no calor do momento, porém ela já se foi”, teria respondido a um familiar não identificado que o orientava a “não fazer isso”.

Duas facas foram apreendidas no endereço do casal, além de dois celulares, um caderno de anotações e cartelas vazias de medicamentos. A polícia solicitou exames do Instituto Médico Legal (IML) nos corpos.
O caso foi registrado como feminicídio e suicídio na Delegacia de Polícia de Araras.
Informações extraídas do BNews

OUTRAS NOTÍCIAS