Governo federal anunciou que investirá R$ 1,7 trilhão no Novo PAC

O governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou nesta sexta-feira (11) que o novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) deve investir um total de R$ 1,7 trilhão na soma de todos os estados do país.

De acordo com a gestão federal, serão R$ 371 bilhões em recursos oriundos do Orçamento Geral da União, R$ 343 bilhões de empresas estatais, R$ 362 bilhões em financiamentos através dos bancos públicos e R$ 612 bilhões vindos da iniciativa privada.

O Novo PAC foi construído pela Casa Civil, ministério hoje comandado pelo ex-governador da Bahia, Rui Costa (PT), que elaborou o projeto dividindo-o em cinco grupos de medidas institucionais e nove eixos de investimento.

Serão R$ 28 bilhões no eixo “Inclusão Digital e Conectividade”, R$ 31 bilhões em “Saúde”, R$ 45 bilhões em “Educação”, R$ 2 bilhões em “Infraestrutura Social e Inclusiva”, R$ 610 bilhões em “Cidades Sustentáveis e Resilientes”, R$ 30 bilhões no eixo “Água para Todos”, R$ 349 bilhões em “Transporte Eficiente e Sustentável”, R$ 540 bilhões em “Transição e Segurança Energética” e R$ 53 bilhões em “Defesa”.

Já no próximo mês de setembro, o governo Lula deve lançar editais que somarão R$ 136 bilhões, no âmbito do Novo PAC, para a seleção de projetos prioritários de estados e municípios nas áreas de Cidades, Saúde, Educação, Cultura e Esporte.

Folha do Estado

OUTRAS NOTÍCIAS