Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Dupla Ba-Vi amanhece com ‘ressacas’ diferentes

Dupla Ba-Vi amanhece com ‘ressacas’ diferentes

650x375_bahia-e-vitoria_montagem_1580218

Tons de conversas bem diferentes marcaram a reapresentação de jogadores rubro-negros e tricolores, na manhã deste domingo, 8. No Rio de Janeiro, no campo das Laranjeiras (do Fluminense), após o triunfo sobre o Macaé, fora de casa, por 2 a 0, o elenco do Vitória ouviu pouco do técnico Mancini e era só sorriso na leve atividade de recuperação física. Já no Fazendão, os atletas do Bahia tiveram uma longa conversa com o diretor de futebol Alexandre Faria e depois com o treinador Charles Fabian. Em pauta: as lições da derrota de virada para o Santa Cruz (2×1) e as perspectivas de classificação após cair para a 8ª posição na tabela e sair do G-4.

A assessoria de imprensa do Bahia não divulgou detalhes do papo do dirigente com o grupo. No sábado, após o jogo, Charles já havia falado sobre o tema de sua primeira conversa com a equipe na reapresentação. “Estamos apenas a um ponto do G-4. Temos que vencer o ABC (amanhã, na Fonte Nova), depois o Boa (fora de casa) e tenho certeza que chegaremos contra o Náutico em uma situação melhor. O grupo precisa se recuperar com resultados em campo e é isso que vou passar para eles essa semana”, disse.

No Leão, Vagner Mancini pediu foco aos atletas na reta final. “Vencer o Macaé foi um resultado importante, mas não podemos tropeçar. Estamos mais próximos do acesso, mas precisamos ainda de pontos. Não é hora de relaxar, ainda mais porque voltamos a ter chances de título também”, disse o treinador na entrevista após bater o time fluminense.

OUTRAS NOTÍCIAS