Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

De volta a Salvador, Neto diz que encontro com Bolsonaro foi “num bom ambiente”, mas mantem “reservas” sobre conteúdo da conversa

De volta a Salvador, Neto diz que encontro com Bolsonaro foi “num bom ambiente”, mas mantem “reservas” sobre conteúdo da conversa

O prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, ACM Neto, afirmou que  encontro com o presidente Jair Bolsonaro , nesta quinta (23), no Palácio do Planalto, se deu “num bom ambiente”, mas evitou comentar o teor da conversa.

Neto chegou à capital federal em meio aos rumores de demissão do ministro da Justiça Sérgio Moro e há exatos sete dias da demissão do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta – seu correligionário no DEM.

“Eu considero que nesse momento é importante manter em reserva o conteúdo da conversa que nós tivemos. Foi uma conversa apenas eu e o presidente, uma conversa num bom ambiente, agora, de fato, eu tenho pedido compreensão das pessoas no sentido de manter reservas em relação ao conteúdo do que foi tratado”, disse ACM Neto após ter desembarcado em Salvador.

A ausência de detalhes quanto às tratativas entre o presidente da República e o mandatário do DEM faz crescer uma série de apostas nos bastidores sobre eventual participação oficial do partido na gestão Bolsonaro – em que pese os ministérios da Cidadania e da Agricultura estarem sob o comando de demistas (Onyx Lorenzoni e Teresa Cristina, respectivamente).

Outra especulação corrente é que ACM Neto foi chamado ao Planalto para arrefecer os ânimos do seu aliado Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, que tem feito críticas severas ao presidente. Na contramão, Bolsonaro chegou a acusar Maia de arquitetar um plano para retirá-lo do poder.

OUTRAS NOTÍCIAS