Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Candidato ao governo da Bahia, ACM Neto acena para Lula

Candidato ao governo da Bahia, ACM Neto acena para Lula

Ex-prefeito de Salvador, secretário-geral do União-Brasil, o 34º partido brasileiro, ACM Neto, candidato ao governo da Bahia, disse, ontem, sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva:

“Eu não sou adversário de Lula. Lula é candidato à Presidência, eu sou candidato ao governo do Estado. Meus opositores são os candidatos ao governo da Bahia. O eleitor não quer ver seu candidato a governador em rixa com o candidato a presidente”.

Simples, não? O que ACM Neto ocultou: que os baianos, segundo as pesquisas aplicadas até aqui, votarão em massa em Lula. A Bahia é governada pelo PT há 16 anos. ACM Neto quer atrair uma parcela desses votos. O voto “Lula Neto” ou “Neto Lula”, tanto faz.

ACM Neto não gosta que lembrem que em janeiro de 2020, dois meses depois de Lula sair da prisão em Curitiba, ele declarou:

“Acabou o mito. E acabou o discurso. O PT, primeiro, tinha o discurso do golpe [contra Dilma]. Depois, o discurso do Lula livre. Agora, está sem discurso. Lula saiu da prisão e não mudou nada. E já não é mais a liderança que foi no passado. Esperava-se uma comoção, uma mobilização nacional sem precedentes, e nada disso aconteceu, nem mesmo no Nordeste”.

“A palavra é de prata, o silêncio é de ouro”, ensina um antigo provérbio árabe.

Informações: Metrópoles

OUTRAS NOTÍCIAS