Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Atriz da Globo é agredida ao ser vítima de transfobia; veja fotos dos hematomas

Atriz da Globo é agredida ao ser vítima de transfobia; veja fotos dos hematomas

Na madrugada da última quarta-feira (22), a atriz Marcella Maia, da TV Globo, foi agredida em Porto Seguro, no sul da Bahia. Em seu perfil oficial do Instagram, ela denunciou ao mostrar fotos dos hematomas através dos stories, em que disse ter sido vítima de transfobia, ato em que a cantora Marília Mendonça chegou a ser acusada por internautas de praticar durante uma live realizada no ano passado.

“Preconceito existe. Se cuidem. Sem chão, sem forças. Tô viva”, escreveu. “Meu corpo não merece isso”, acrescentou, usando a hashtag “transfobia”. Posteriormente, Marcela publicou uma foto na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) da cidade.

Diante da repercussão do caso nas redes sociais, a atriz voltou a se pronunciar para tranquilizar os fãs e afirmou que o caso será levado a juízo. Marcela não deu mais detalhes da agressão e nem de quem teria cometido, e garantiu que dará esclarecimentos em breve.

Aos 30 anos, Marcella Maia está escalada para próxima novela das 19h, “Quanto Mais Vida Melhor”, da TV Globo, em que ela vai interpretar o personagem ‘Morte’. Na semana passada, ela comemorou nas redes a prorrogação do seu contrato com a emissora. “Hoje a firma prorrogou meu contrato e estou muito feliz! Hoje também completa um ano e duas semanas que decidi largar tudo e retornar ao Brasil para viver esse sonho”.

A declaração se dá por conta dos longos anos que viveu no exterior. Em Londres, fez carreira de modelo, onde foi convidada para atuar no filme ‘Mulher-Maravilha’, em Hollywood. Ela intepretou uma das amazonas, na trama dos estúdios Warner Bros.

Natural de Juiz de Fora, em Minas Gerais, ela também atuou na série “Todxs nós”, da HBO, e fez uma participação em um dos clipes da cantora Fergie. Em recente entrevista, contou que sofreu abusos quando tinha 5 anos e chegou a ser obrigada a se prostituir na adolescência.

Informações: Extra

OUTRAS NOTÍCIAS