Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Após deixar ministério, Moro é procurado por editoras e recebe outras ofertas de trabalho

Após deixar ministério, Moro é procurado por editoras e recebe outras ofertas de trabalho

O ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, já foi procurado por duas editoras para convidá-lo a botar no papel suas memórias. As informações são do colunista do jornal O Globo, Lauro Jardim. Segundo a publicação, Moro também recebeu convites para ministrar palestras no Brasil e aulas em universidades no exterior.

O ex-juiz desembarcou do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na última sexta-feira (23), acusando seu ex-chefe de trabalhar para interferir politicamente na Polícia Federal (PF). Por lei, Moro deve aguardar por seis meses até assumir qualquer novo compromisso profissional.

O jornal O Globo também revela que o ex-ministro está usando um grupo de WhatsApp para vender os objetos que ele e sua esposa tinham em Brasília. A esteira usada por ele para se exercitar foi uma das primeiras peças a serem vendidas.

OUTRAS NOTÍCIAS