Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Voluntário brasileiro da vacina de Oxford morre em decorrência da Covid-19

Voluntário brasileiro da vacina de Oxford morre em decorrência da Covid-19

Um voluntário brasileiros, de 28 anos, que participava dos testes clínicos da vacina desenvolvida pela Universidade Oxford e pelo laboratório AstraZeneca, morreu após ter complicações de Covid-19, na última quinta-feira (15). Segundo O Globo, a vítima era um médico que atuava no enfrentamento ao coronavírus no Rio de Janeiro.

A publicação do portal de notícias informa também que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu a notificação do laboratório, nesta segunda-feira (19). Contudo, ressaltou que o laboratório já compartilhou dados da investigação realizada pelo Comitê Internacional de Avaliação de Segurança sobre o caso.

Além disso, os desenvolvedores do imunizante não confirmaram que o voluntário teria participado dos testes por  “respeito aos critérios de confidencialidade dos dados médicos”. Ainda conforme O Globo, a Anvisa e o laboratório não informaram se o voluntário recebeu placebo ou dose da vacina contra o coronavírus. Todavia, o órgão de vigilância sanitária destacou que o comitê sugeriu que os estudos continuassem.

OUTRAS NOTÍCIAS