Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Três foragidos são encontrados em três cidades diferentes da Bahia

Três foragidos são encontrados em três cidades diferentes da Bahia

Nos últimos três dias, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu três foragidos da justiça em trechos distintos das rodovias federais que cortam a Bahia. Segundo a polícia, as prisões ocorreram em Teixeira de Freitas, Vitória da Conquista e Luís Eduardo Magalhães.

Na sexta-feira (13), por volta das 21h30, em Teixeira de Freitas (BA), uma equipe da PRF fazia fiscalização na altura do quilômetro 880 da BR 101 deu ordem de parada a um caminhão Ford/Cargo com placas do Espírito Santo.

Em consulta ao banco de dados e sistemas utilizados pela polícia, foi constatado que o motorista, um homem de 24 anos, possuía em seu desfavor um mandado de prisão em aberto decorrente de processo por crime de tráfico de drogas, expedido pelo Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, com validade até o ano de 2037.

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil, para os procedimentos cabíveis.

Já em Vitória da Conquista, às 18h00 de domingo (15), durante fiscalização ostensiva no KM 14 da BR 116, os policiais deram ordem de parada a um veículo de passeio, conduzido por um homem de 50 anos. Após uma consulta detalhada, foi constatado mandado de prisão em desfavor do motorista pela falta de pagamento de pensão alimentícia.

O homem foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Judiciária local.

Por fim, às 22h00, em Luís Eduardo Magalhães (BA), policiais realizavam uma operação de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes e descobriram que um homem de 40 anos morador da cidade de Itabuna (BA), possuía em seu desfavor um mandado de prisão em aberto decorrente de processo pelo crime de homicídio qualificado, expedido pelo Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão e o homem foi encaminhado à autoridade competente da Delegacia de Polícia Civil, para as providências cabíveis.

 

Fonte: bnews.com.br

OUTRAS NOTÍCIAS