Targino Gondim critica Léo Santana em especial de São João: ‘Bahia tem uma gama de artistas do forró’

Targino Gondim critica Léo Santana em especial de São João: ‘Bahia tem uma gama de artistas do forró’

O forrozeiro baiano Targino Gondim comentou hoje (22), em entrevista a José Eduardo, na Rádio Metrópole, a escolha do pagodeiro Léo Santana para representar a Bahia em especial de São João da Rede Globo, transmitida na noite de sábado (20). A decisão foi criticada pela classe artística, em movimento encabeçado pelo cantor Léo, do Estakazero.

“Esse show de São João acontece a cada ano e não é a primeira vez que não é chamado um forrozeiro para representar a Bahia. Eu já fui uma vez, Del Feliz também já foi, mas outros cantores, como do axé, já fizeram essa apresentação. A gente está trabalhando, fazendo música, canções em parceria, e aí chega um programa em que a gente pode mostrar nosso forró, como está acontecendo aqui, e eles escolhem um cantor que não tem a ver com a festa junina. Tem uma gama de artistas que poderiam representar esse estilo musical no estado”, lamentou o artista.

O cantor ainda rejeitou a ideia de que o forró precise ser “resgatado”. “As pessoas falam ‘vamos resgatar o forró’. O meu forró, que é o de Luiz Gonzaga, não precisa de resgate. Nós não morremos, a gente continua vivo”, disse ele.

OUTRAS NOTÍCIAS