Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Suspeito de matar pediatra em clínica na BA utilizou durex nos dedos e teve digital reconhecida por palma da mão

Suspeito de matar pediatra em clínica na BA utilizou durex nos dedos e teve digital reconhecida por palma da mão

Preso nesta segunda-feira (27), o suspeito de matar o médico pediatra Júlio César de Queiroz Teixeira, de 44 anos, em Barra (BA), utilizou durex nos dedos para subir as escadas da clínica em que a vítima foi assassinada. De acordo com informações obtidas pelo BNews, o homem teve a digital reconhecida pela palma da mão.

O pediatra foi morto a tiros enquanto prestava atendimento em um consultório. A câmera de segurança da clínica registrou o momento em que um homem com um capacete na cabeça entra no consultório. As imagens mostram ainda o desespero dos pacientes que aguardavam por atendimento ao ouvirem o barulho dos tiros. Após efetuar os disparos, o homem sai correndo do local.

O médico teria sido assassinado após denunciar possível caso de pedofilia com uma de suas pacientes. Ainda de acordo com as informações apuradas pela reportagem, a suspeita de que o pai da criança teria cometido o crime foi descartada pela polícia.

Informações: BNews

OUTRAS NOTÍCIAS