Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Sindicato dos Médicos se posiciona contrário a realização do Carnaval 2022

Sindicato dos Médicos se posiciona contrário a realização do Carnaval 2022

Em meio à polêmica sobre a realização do Carnaval 2022, o Sindicato dos Médicos da Bahia emitiu uma nota se mostrando contrário a realização do evento no próximo ano, por conta da possibilidade de aumento nos casos da Covid-19.

No último domingo (21), um grupo de trabalhadores ligados ao entretenimento realizou uma manifestação pró-carnaval em 2022. A decisão ainda não foi tomada pelo governador Rui Costa (PT) e pelo prefeito Bruno Reis (DEM), que devem se reunir ainda nesta semana.

Confira trecho da nota:

“Nos últimos dois anos, infelizmente, todos perderam muitas pessoas próximas. A classe amargou a morte de muitos colegas profissionais e médicos com comorbidades continuam mantidos na linha de frente da Covid-19.

O nível de propagação da doença voltou a crescer em países da Europa. Isso ainda pode ocorrer no Brasil. O Sindimed considera que a realização do Carnaval contribuiria para agravar a situação de transmissão e assim o cenário voltaria a piorar dramaticamente na Bahia.

Um outro fato que preocupa a categoria é que, havendo um novo avanço da Covid, poderá voltar a ocorrer o retardo verificado anteriormente, durante a pandemia, nos diversos tratamentos de pacientes com doenças crônicas tais como diabetes, hipertensão, obesidade e câncer”.

Informações: Voz de Abrantes

OUTRAS NOTÍCIAS