Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Segunda dose da Coronavac será aplicada na próxima terça-feira (16) em Feira de Santana

Segunda dose da Coronavac  será aplicada na próxima terça-feira (16) em Feira de Santana

A segunda dose da vacina Coronavac começará a ser aplicada na próxima terça-feira (16) em Feira de Santana, respeitando os grupos prioritários assim como aconteceu na aplicação da primeira dose. De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Edval Gomes, o município recebeu 9 mil doses que serão utilizadas pelas pessoas que foram imunizadas com a primeira vacina da mesma fabricante.

“O município de Feira de Santana recebeu 9 mil doses que serão usadas nessa segunda etapa pelos indivíduos que foram vacinados na primeira etapa da vacinação. Esse grupo é composto pelos profissionais de linha de frente, saúde e também os idosos institucionalizados da cidade. Estamos seguindo com a vacinação dos nossos idosos nesse momento ainda com a primeira dose, lembrando que iniciamos com os idosos acima de 90 anos, estamos vacinando acima de 87 e assim estamos atendendo ao nosso plano de vacinação. Este é um processo que está acontecendo gradativamente e quem tomou a vacina na primeira etapa, 28 dias decorridos, a partir da próxima terça, esse grupo voltará a ser vacinado com a segunda dose”, explicou.

Precisa de agendamento para a segunda dose?

Segundo o secretário, a Rede de Frios da Secretaria Municipal de Saúde vai entrar em contato com todos os profissionais que trabalham na linha de frente nas unidades hospitalares para que seja feito o atendimento da vacinação.

“A coordenação da rede de frios da secretaria, tem contactado através de um e-mail formal às unidades de saúde, para que elas possam enviar uma relação de todos os trabalhadores e que cumpram os requisitos. Então essa relação precisa ter o nome completo, CPF, cargo ou função executada pelo profissional, para que nós possamos fazer uma logística e dar início a essa segunda vacinação”, disse o secretário ao Acorda Cidade.

OUTRAS NOTÍCIAS