Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

São Gonçalo dos Campos instala barreiras sanitárias nas duas principais entradas da cidade

São Gonçalo dos Campos instala barreiras sanitárias nas duas principais entradas da cidade

A prefeitura de São Gonçalo dos Campos, através da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Polícia Militar, vigilância epidemiológica, vigilância sanitária e guarda municipal, instalou barreiras sanitárias nas duas principais entradas da cidade. De acordo com a secretaria de saúde, Jaqueline Porto, uma barreira foi montada na BA 502, para ter acesso aos motoristas que chegam da região de Feira de Santana e a outra barreira na BR 101 objetivando acessar os motoristas que vem sentido Salvador.

Foram intensificadas as ações de prevenção ao coronavírus nas barreiras sanitárias, com o objetivo mais educativo. Jaqueline Porto disse que nenhuma pessoa está sendo impedida de entrar na cidade. No entanto, todo veículo que chega é abordado pela equipe de saúde. “A decisão de fazer a barreira sanitária foi feita em coletividade por meio do comitê de enfrentamento ao Coronavírus em São Gonçalo dos Campos. Nosso intuito é fazer o controle de quem entra no município. Estamos identificando o endereço de onde a pessoa pretende ficar, de onde ela está vindo. Utilizamos o termômetro de testa para verificar se a temperatura dessa pessoa está elevada. Se sim, vamos orientar a ida no Pronto Atendimento Municipal para acompanharmos com as equipes que estão a frente das ações nos postos”, disse Jaqueline.

De acordo com dados do boletim divulgado neste domingo, 13 de abril, pela secretaria municipal de saúde, na cidade por enquanto não há casos confirmados de coronavírus. Apesar disso, três casos estão sendo considerados suspeitos e seguem em investigação. Sete estão em monitoramento.

Uma barreira sanitária é um mecanismo legal utilizado pelas autoridades governamentais com objetivo de prevenir riscos de contaminação e disseminação de doenças ou evitar que elas ocorram. Em São Gonçalo esta ferramenta teve início na quinta-feira, 9 de abril, e segue por tempo indeterminado. Ainda segundo a secretária de saúde, enquanto houver necessidade de impedir que o vírus chegue à cidade as barreiras serão mantidas.

Fonte: ASCOM/ Prefeitura de São Gonçalo dos Campos

OUTRAS NOTÍCIAS