Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Salvador mantém intenção de realizar Réveillon mesmo após avanço da Delta na Bahia

Salvador mantém intenção de realizar Réveillon mesmo após avanço da Delta na Bahia

Por ora, o aumento no número de casos da variante Delta em toda a Bahia, não prejudicará o calendário de eventos da prefeitura de Salvador que ainda trabalha com a possibilidade de realizar o Festival da Virada, em dezembro deste ano. Durante coletiva de imprensa, na manhã desta segunda-feira (27), o prefeito Bruno Reis (DEM) afirmou que vai acompanhar o comportamento da variante da Covid-19 para dar um parecer no próximo mês sobre a viabilidade da festa.

“[A variante Delta] Não causou impacto no sistema de saúde. Nesta manhã, amanhecemos, mais uma vez, sem nenhum paciente aguardando leitos de UTI ou enfermaria. São 72 casos já identificados na Bahia em várias cidades, algumas próximas daqui, na região metropolitana […] Vou aguardar esse mês de outubro para avaliar o que está acontecendo no Brasil e no mundo em relação a realização de eventos. Nós temos conversado com outras capitais, como Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Fortaleza, sobre em que moldes poderíamos fazer o Réveillon”, comentou.

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) divulgou no último sábado, dia 25, a detecção por meio de sequenciamento genético de mais 58 amostras da variante Delta da Covid-19. Com os novos registros, o estado tem ao todo 72 casos da variante e dois óbitos.

Informações: Secom

OUTRAS NOTÍCIAS