Rio-Santiago: chileno vai correr 3.700km para dar exemplo de vida saudável

Rio-Santiago: chileno vai correr 3.700km para dar exemplo de vida saudável

matias_anguita_24-07-2017_foto_eny_miranda-0711

Já imaginou percorrer cerca de 3.700km a pé, ou melhor, correndo? Impossível? Bom, é justamente isso que o chileno Matías Anguita vai tentar fazer a partir deste domingo. Ultramaratonista, ele vai largar da Praia do Leme, Zona Sul do Rio de Janeiro, rumo ao seu país de origem no que chamou de “Desafio Superando Fronteiras”. Mas para que correr tantos quilômetros assim? Antes fumante, obeso e sedentário, Matías mudou de vida graças à corrida, e é esse exemplo de saúde e superação que quer passar para as pessoas, principalmente as crianças que estão com sobrepeso por conta da vida pouco saudável que levam.

19029256_1878366729155012_1863255750922305665_n

– Eu fumava três maços de cigarro por dia, e foi a corrida que me tirou dessa vida. Comecei e não parei mais. Por isso, a ideia nasceu vendo que muitas crianças na América do Sul estão obesas ou com sobrepeso por conta da má alimentação. Então pensei que uma boa forma de alertá-los e motivá-los a mudar o estilo de vida seria fazendo esse desafio, já que hoje me alimento apenas de frutas, vegetais e cereais. Além disso, também quero passar a mensagem de que por mais difícil que seja o desafio, se você se prepara, se organiza e trabalha duro, pode alcançá-lo – comentou o ultramaratonista.

Aos 45 anos, Matías, pai de dois filhos, era analista financeiro até descobrir a corrida. Isso foi há 20 anos. Hoje é dono de uma assessoria de corrida que possui mais de 60 alunos em Santiago. O chileno tem 47 mil quilômetros de rodagem nas costas. Já participou de 36 maratonas oficiais e esteve três vezes na Maratona no Deserto do Atacama. Além disso, realizou seis desafios criados por ele mesmo. Mas nada tão grande quanto o “Superando Fronteiras”.

12118709_1502412483417107_4976137074165215322_n

Mas para cruzar fronteiras em 60 dias, a preparação de Matías tem sido intensa. Há três meses ele vem treinando como se já estivesse no desafio. São duas sessões de corrida por dia, pela manhã e à tarde, cada uma com nada menos que 20km. Além disso, ele faz atividades específicas de preparação física e também yoga.

Durante o trajeto Rio-Santiago, o chileno pretende correr 30km pela manhã e outros 30km à tarde, às vezes um pouco mais, outras um pouco menos. À noite ele vai parar para descansar no trailer que o acompanhará com sua equipe para continuar no dia seguinte. Como Matías se alimenta basicamente de legumes e frutas, vai fazer as compras pelas cidades por onde passar. É claro que ele sabe que pode encontrar contratempos durante percurso tão longo, mas não se intimida e diz estar preparado para o que der e vier.

| G1

OUTRAS NOTÍCIAS