Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Polêmica: China vende animais marinhos plastificados vivos como acessório de moda

Polêmica: China vende animais marinhos plastificados vivos como acessório de moda

Chega a ser desumano. Na China, as pessoas estão vendendo animais marinhos plastificados vivos, em forma de acessórios de moda! Vendedores enfiam bebês de animais marinhos em pequenos sacos plásticos cheios de água, alegando que não faz mal aos bichos. Os grupos de direitos dos animais rebatem dizendo que ‘os chaveiros induzem sofrimento a longo prazo’. Parece filme de terror mais não é.

Cada chaveiro supostamente contém oxigênio cristalizado e nutrientes suficientes para manter os animais vivos. O acessório pode conter peixes ou tartarugas jovens chinesas de casca mole.

Em uma viagem a Xiamen, o The Star Online descobriu um vendedor de beira de estrada ao longo do mercado turístico de Zeng Cuo’an vendendo “chaveiros para animais de estimação” por 15 yuans a 20 yuans (S $ 3 a S $ 4).

O Star Online explica: ‘Os filhotes de tartaruga, peixes e salamandras são lacrados dentro de bolsas de plástico cheias de água oxigenada tingida com cores fluorescentes brilhantes. Dentro de cada bolsa de plástico há uma única bolinha que serve de alimento para o animal’.

‘Os animais podem se mover no espaço confinado, mas não têm espaço para se virar. Um cordão preso à bolsa de plástico permite prendê-lo em chaves, bolsas ou telefones celulares’.

A visão de especialista

Segundo uma placa de publicidade ‘do produto’, os animais dentro das bolsas não precisam ser alimentados por três meses. Enquanto isso, o Dr. Sam Walton, da Universiti Malaysia Terengganu, disse que a excreção na água e a respiração matam os animais. Embora possa haver oxigênio adequado, esse ciclo produz amônia, que é particularmente tóxica para as criaturas marinhas.

As mudanças de temperatura das caixas de plástico fechadas também funcionam como uma mini estufa para eles. Outras preocupações são o chaveiro sacudindo e balançando, fome, e eventual sufocação.

De acordo com alguns fornecedores, os animais podem sobreviver por dias no saco plástico. Depois de usarem todo o oxigênio e nutrientes na bolsa, eles morrem sufocados ou de fome.

Indignado, Dr. Walton acusa que os animais são retirados de seu ambiente para morrer sem outra razão a não ser satisfazer a vaidade de gente desinformada. “É horrível fazer de uma criatura viva um acessório de moda e lucrar com sua morte inútil’.

Como você pode imaginar, os grupos de direitos dos animais na China condenaram os chaveiros de animais vivos como “cruéis” e “desumanos”. Cada chaveiro custa cerca de U$1,50. Os vendedores costumam vendê-los nas galerias dos trens e metrôs das grandes cidades. A China não respeita sequer os seus corais, aterrados para aumentar seu território.

O site captain-planet.net informa que ‘o Shanghaiist afirma que uma única bolinha de comida é dada e faz a surpreendente e ignorante afirmação de que os animais podem viver três meses sem serem alimentados. ‘Algo precisa ser feito e urgente, as pessoas estão perdendo a noção do respeito à vida’.

Fonte: Mar Sem Fim

OUTRAS NOTÍCIAS