Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

“Ou cumpre ou cumpre”, afirmou Bruno Reis sobre decretos estaduais

“Ou cumpre ou cumpre”, afirmou Bruno Reis sobre decretos estaduais

Nesta segunda–feira (22), o prefeito Bruno Reis (DEM) ressaltou que os decretos do Governo do Estado se “sobrepõem” aos do município.

Em Vitória da Conquista, a sua colega de partido, Sheila Lemos, vice-prefeita que ocupa o cargo temporariamente enquanto Herzem Gusmão (MDB) segue em recuperação após contrair Covid-19, avisou que a cidade não adotaria o toque de recolher imposto pelo Estado, logo depois voltando atrás na decisão.

“Decreto estadual se sobrepõe ao municipal, o que vale é o estadual, não tem como a prefeitura questionar. Pode dialogar, discutir, tentar flexibilizar, conversar – como temos feito – mas não se sobrepondo, pois o decreto estadual tem uma força”, disse Bruno Reis em entrevista coletiva.

“Ou cumpre ou cumpre”, afirmou Bruno.

Bruno reiterou que o momento de pandemia exige que as diferenças políticas sejam deixadas de lado em prol da resolução dos problemas, como garante fazer, em parceria com o governador Rui Costa (PT).

“Diferente de Salvador, a eleição em [Vitória da] Conquista foi muito disputada, acirrada, até o segundo turno, mas acabou a eleição. O que as pessoas esperam das autoridades é a união. O sentimento maior hoje é de aflição, angústia, preocupação”, advertiu o prefeito.

Lembra Bruno Reis que em menos de duas semanas, Salvador viu a taxa de ocupação dos leitos saltarem de 65% para 80%, em razão da “nova cepa” de coronavírus, que surgiu no norte do país e tem se espalhado por diversos estados.

“Diante desta realidade, não há outro caminho que não adotar medidas que estamos adotando e ter espírito público para enfrentar este adversário tão difícil que é o coronavírus”, declarou.

 

 

 

OUTRAS NOTÍCIAS