Nova edição das aulas do ENEM 100% começa com Biologia, com foco na preservação ambiental

A nova edição das lives do projeto ENEM 100%, promovido pela Secretaria da Educação do Estado, teve início nesta segunda-feira (5), com aula de Biologia, ministrada pelo professor, Ricardo Magalhães, que abordou o tema “Preservação ambiental”. A atividade, neste ano, vai acontecer todas as segundas, quartas e sextas, sempre às 17h30, até o dia 19 de novembro, com transmissão pela TV Educa Bahia e pelo Canal do EMITec no Youtube. As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) estão abertas até 14 de julho e as provas serão realizadas nos dias 21 e 28 de novembro.
Ricardo Magalhães falou sobre os assuntos mais recorrentes da prova de Biologia. “De acordo com a probabilidade, avaliando o ENEM no período de 2009 a 2020, Ecologia, com seus subtemas, como poluição e preservação ambiental, é um dos temas que mais caem. Genética, Fisiologia e Citologia vêm na sequência como temas mais cobrados”, pontuou o professor, que leciona no Colégio Estadual Ruth Pacheco e na rede privada de ensino.
O educador ainda destacou a importância das lives na preparação dos estudantes. “Com este projeto, que este ano vai oferecer aulas três vezes na semana, o nosso objetivo é ajudar o estudante a fazer uma ótima prova do ENEM. Para isso, nós vamos dar dicas, instruções para que o candidato tenha êxito no seu sonho de ingressar no Ensino Superior”.  A agenda segue nesta semana com aula de Física, com o professor Frank Hebert, na quarta-feira (07), e  aula de Química, com a professora Sandra Pita, na sexta-feira (09).
Além dos professores ao vivo, a atividade irá contar, este ano, com videoaulas na Rede ENEM; simulados; disponibilização de apostilas e modelos de redação nota 1000; acesso ao guia de profissões dos portais Rede ENEM; Web Curso ENEM gratuito; e Blog do ENEM.
Aulas do ENEM 100%  – Realizadas desde 2017, as aulas – agora sendo realizadas em formato on-line, por causa da pandemia do Coronavírus – fazem parte do projeto ENEM 100%, que contempla ações de mobilização considerando o calendário nacional do ENEM, tais como regularização da documentação básica; orientações para o pedido de isenção da taxa de inscrição e para o período das inscrições; disponibilização de plataformas e recursos pedagógicos de parceiros institucionais para a preparação para as provas; realização de aulas virtuais; e apoio logístico nos dias das provas para estudantes da rede estadual que residem em municípios que não sediam o certame, dentre outras ações ao longo do ano letivo.
Informações; SEC

OUTRAS NOTÍCIAS