Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Mulheres tentam entrar no Conjunto Penal de Feira de Santana com carteiras falsas de visitante

Mulheres tentam entrar no Conjunto Penal de Feira de Santana com carteiras falsas de visitante

penitenciaria-de-feira-de-santana

Quatro mulheres foram conduzidas para a delegacia, ontem (9), após serem flagradas tentando entrar no Conjunto Penal de Feira de Santana apresentando carteiras falsas de identificação de visitante. A fraude foi logo percebida por agentes penitenciários e pelo diretor do Conjunto Penal, Capitão Allan Araújo, que constatou que o documento era falso.

Segundo o diretor, elas poderão responder processo administrativo e criminal por falsificação de documento público.

“A equipe de segurança do Conjunto Penal identificou algumas visitantes com carteiras falsas. Isso constitui crime de falsificação de documento público. Além de um processo administrativo que será aberto, elas também responderão criminalmente”, disse.

150196-3 (2)

Allan Araújo informou que o processo de visitação no Conjunto Penal segue um critério. “É preciso ser parente de primeiro grau, pai, mãe ou irmão, por exemplo, não ter antecedentes criminais, não ter vínculo com organizações criminosas, e não ter tido nenhum ato de indisciplina na unidade em situação anterior. Muitas vezes a negativa desse acesso por conta do critério, leva a algumas pessoas tentarem burlar o sistema, mas a fiscalização tem sido feita e essas pessoas não lograram êxito. Uma destas visitantes assumiu que era garota de programa e usaria carteira para se prostituir lá dentro. Em outros casos percebemos que é uma companheira que responde processo criminal por tráfico e teve acesso negado ao presídio e tentou falsificar a carteira”, informou Alla Araújo.

As mulheres não disseram o nome do responsável pelas carteiras falsas. A Polícia Civil está investigando a falsificação.

OUTRAS NOTÍCIAS