Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Jair Renan, filho mais novo de Bolsonaro não aparece para depor na PF em inquérito sobre negócios de sua empresa

Jair Renan, filho mais novo de Bolsonaro não aparece para depor na PF em inquérito sobre negócios de sua empresa

Jair Renan, filho 04 do presidente Jair Bolsonaro, não apareceu para depor nesta sexta-feira (17) no inquérito que investiga os negócios de sua empresa.

Como mostrou a coluna Painel, da Folha de S.Paulo, a Polícia Federal apura a relação de uma empresa do filho do presidente com firmas que têm contratos com o governo federal.

O advogado Frederick Wassef, que representa Jair Renan, disse ao Painel que não comentaria atos da investigação em razão do sigilo, mas argumentou que filho do presidente foi acometido por uma gripe.

“Jair está de cama, sob forte medicação, acometido dessa virose que se espalhou pelo Rio de Janeiro e São Paulo. Juntei petição com atestado médico e os remédios que ele está tomando”, disse Wassef.
O inquérito sobre Jair Renan tramita na PF do Distrito Federal.

Os investigadores responsáveis pelo caso pediram recentemente informações do inquérito das milícias digitais para usar no caso. Caberá ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, decidir se autoriza ou não o compartilhamento.

O motivo do pedido é a citação ao empresário Allan Lucena nos dois casos, que seria parceiro comercial de Jair Renan e no caso das milícias digitais aparece em conversas com o jornalista bolsonarista Oswaldo Eustáquio.

Informações: Folhapress

OUTRAS NOTÍCIAS