Idoso morre em motel e mulher que o acompanhava entra em pânico e pula muro do estabelecimento por ser casada

Um idoso de 63 anos morreu enquanto visitava um motel de Jataí, cidade a quase 330 quilômetros da capital goiana. Ele era acompanhado por uma mulher que, em pânico, saiu correndo e pulou o muro do estabelecimento. O motivo: ela seria casada.

De acordo com informações do portal G1, a polícia foi chamada ao motel, no último domingo (30/8), para atender uma ocorrência. Segundo relatos iniciais, um idoso havia passado mal em um dos quartos.

O que chamou atenção de todos os envolvidos foi o fato de a mulher que o acompanhava ter fugido do motel, pulando o muro, logo após alertar de que o homem passava mal. A uma testemunha, ela teria dito ser casada e que não poderia ser vista naquele local.


Antes de fugir, a mulher casada ainda teria tentado reanimar o homem, mas não teve sucesso. Após relatar a situação aos funcionários do motel, ela teria saído correndo e pulado o muro do local.
A polícia ainda guarda laudos, mas considera que a provável causa da morte foi um infarto. Ao portal, o delegado que investiga o caso afirmou que foi instaurado um inquérito policial e que aguarda os laudos da perícia para definir os próximos passos da investigação.
Segundo consta, o idoso tinha histórico de problemas cardíacos.

Informações extraídas do Metrópoles

Foto: Reprodução do Google para ilustração 

OUTRAS NOTÍCIAS