Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Ex-jogador de basquete do Vitória rebate acusação de agressão e diz que a ex quer se promover

Ex-jogador de basquete do Vitória rebate acusação de agressão e diz que a ex quer se promover

O jogador de basquete Murilo Becker, por meio de seus advogados, se manifestou pela primeira vez após ser acusado pela ex-esposa, a influenciadora digital Patricia Pontes, de agressão. No Instagram, o esportista afirmou que nunca praticou violência contra mulheres e alegou que a ex está tentando se “promover nas redes sociais, expondo inclusive seus filhos para tanto”.

Ele disse também que demorou para emitir um posicionamento por conta de um problema de saúde envolvendo o seu pai – as denúncias tornaram-se públicas há duas semanas.

Por fim, Becker afirmou que a acusadora não está respeitando os trâmites do caso, que está em “segredo de Justiça”.

Leia a carta completa:

Murilo Becker, por meio dos seus advogados que esta subscreve, e em respeito aos seus familiares, amigos e imprensa, vem por meio dessa nota se pronunciar sobre as acusações divulgadas envolvendo o seu nome e o de seus filhos.

Fundamentalmente, ressalta que, nesse momento, está direcionando todos os seus esforços para auxiliar seu pai, que está passando por problemas de saúde, necessitando de cuidados especiais, razão pela qual até o momento não se pronunciou ante as injustas acusações que vem sofrendo.

Esclarece ainda que as acusações feitas pela Sra. Patrícia não condizem com a veracidade dos acontecimentos e que nunca praticou qualquer tipo de violência contra as mulheres, muito menos contra seus filhos, entendendo que, assim como vem ocorrendo há algum tempo, a acusadora utiliza de seu nome com o único intuito de denegrir a sua imagem e se promover nas redes sociais, expondo, inclusive, seus filhos para tanto.

Declara que a Delegacia de Defesa da Mulher de São José dos Campos está apurando os fatos, realizando as devidas investigações sobre o caso, e somente a Polícia Civil e o Poder Judiciário têm a competência e a capacidade para esclarecer toda a verdade, a qual, com certeza, é divorciada das alegações da acusadora.

Por fim, frisa-se que a investigação transita em segredo de justiça, que não vem sendo respeitado pela acusadora, e que em momento oportuno será dado maiores esclarecimentos e comprovada a sua inocência.

Informações: Galáticos Online

OUTRAS NOTÍCIAS