Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Empresário baiano seria um dos elos entre filho de FHC e PRS Participações

Empresário baiano seria um dos elos entre filho de FHC e PRS Participações

IMAGEM_NOTICIA_5 (1)

Em um dos depoimentos à força-tarefa da Operação Lava Jato, o ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, relatou um favorecimento de uma empresa ligada ao filho do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, Paulo Henrique Cardoso, em um contrato da Petrobras durante o governo do ex-chefe do Palácio do Planalto.

O caso veio à público na última semana e, após a divulgação, fontes do Bahia Notícias sinalizaram que um empresário baiano do setor termoelétrico, que não era Fernando Baiano, seria um dos elos entre Paulo Henrique Cardoso e Cerveró, com ligações com PRS Participações, de propriedade do empresário Paulo Roberto Olivera – empresa citada na delação.

A vinculação entre o empresário baiano e o filho do ex-presidente, inclusive, poderia ser medida pela proximidade entre ambos. No Réveillon, dividiram uma festa na ilha. Cezar Oliveira, dono da GDK, também recepcionava, apenas eventualmente, o grupo. No seu depoimento, Paulo Henrrique afirmou não conhecer o o proprietário da PRS.

OUTRAS NOTÍCIAS