Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Começa hoje inscrição para concurso de professor efetivo na UFRB; salários podem chegar a R$ 9 mil

Começa hoje inscrição para concurso de professor efetivo na UFRB; salários podem chegar a R$ 9 mil

ufrb

Começam hoje (8), as inscrições para um concurso público da Universidade Federal do Recôncavo Bahia (UFRB). As vagas são para o cargo de professor efetivo do Centro de Formação de Professores, no campus da cidade de Amargosa.

Segundo edital, são ofertadas 10 vagas, sendo quatro para Professor Adjunto A; cinco para Professor Assistente A e uma para Professor Auxiliar A.

Os salários básicos variam entre R$ 2.236,30 e R$ 4.455,22, a depender do regime de trabalho. Além disso há ainda a retribuição por titulação, que pode chegar a até R$ 5.130,45.

As oportunidades são para as áreas de Língua Portuguesa/Estágio Supervisionado, Literatura Portuguesa e Literaturas Africanas de Língua Portuguesa, Literaturas de Língua Inglesa, Libras/Estágio Supervisionado, Estudos Linguísticos da Libras e Libras.

As inscrições começam a ser realizadas 8 de dezembro, exclusivamente pela internet (www.ufrb.edu.br/concursos. A taxa de inscrição varia de R$ 150 a R$ 200 e deve ser efetuado até o dia 8/12.

O concurso constará de duas etapas de prova. A etapa 1 compreende a realização primeiramente da Prova Escrita, que é eliminatória e classificatória e, posteriormente, da Prova Didática, que também é eliminatória e classificatória. A etapa 2 compreende a realização primeiramente da Defesa de Memorial, que é eliminatória e classificatória, e posteriormente da Prova de Títulos, que é eliminatória e classificatória.

O cronograma com a previsão de início e término das provas do concurso, assim como o local e o horário de início da prova escrita para cada matéria/área de conhecimento, será divulgado até o dia 26 de janeiro no site de Concursos da UFRB. A prova escrita está prevista para ser realizada no dia 26 de fevereiro.

Foto | Reprodução/G1

OUTRAS NOTÍCIAS