Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Cidade pode criar cadastro de pedófilos e proibir nomeação de integrantes para cargos públicos

Cidade pode criar cadastro de pedófilos e proibir nomeação de integrantes para cargos públicos

O vereador de Aracaju, Anderson de Tuca (PDT), propôs o Projeto de Lei que proíbe a nomeação de pessoas com antecedência no crime de pedofilia em cargos públicos durante sessão plenária ocorrida nesta quarta-feira (27).

De acordo com um dos artigos do texto, será criado um Cadastro Municipal de Pedófilos em Aracaju. O nome da lei, caso seja aprovada, levará o nome da menina Lorrany, que foi sequestrada, estuprada e assassinada no bairro Santa Maria, na capital sergipana.

“Não podemos inverter, dizer que a culpa é da mãe ou do pai, precisamos sim estar vigilantes, mas a culpa é desse cidadão infeliz. Com esse projeto de lei, nosso objetivo é proibir a nomeação e contratação de qualquer pessoa envolvida no crime de pedofilia, no crime de abuso à criança, que é a pior atrocidade, porque são seres que nem tem como se defender, a inocência de uma criança jamais deveria ser atingida”, disse o parlamentar.

A proposta será discutida na Comissão de Justiça e Redação, depois deve seguir para votação no Plenário.

Informações; Ascom 

OUTRAS NOTÍCIAS