Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Cartas da campanha Papai Noel dos Correios 2017 já estão disponíveis para adoção; confira locais

Cartas da campanha Papai Noel dos Correios 2017 já estão disponíveis para adoção; confira locais

usar

A Campanha Papai Noel dos Correios 2017, lançada na última sexta-feira (10) em Salvador, completou 28 anos e as cartas já estão disponíveis para adoção na capital e em sete cidades do interior.

A adoção é feita da mesma maneira em todo o Brasil: as cartas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. Em seguida, são disponibilizadas na casa do Papai Noel ou em outras unidades da empresa.

As cartas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados pela empresa. Em Salvador, quatro agências participam da campanha. São elas: Comércio, Pituba, Centro Administrativo da Bahia e Caminho das Árvores.

As cidades do interior que participam da campanha são: Lauro de Freitas, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Itabuna, Juazeiro, Barreiras e Caetité. As agências nas respectivas cidades ficam no centro de cada município. [Veja no quadro acima os endereços completos]

Os presentes são recebidos nos pontos divulgados pelos Correios para que posteriormente a entrega seja feita no próprio fluxo postal. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança não é informado ao padrinho.

As datas da campanha podem variar em cada Estado. Todas as informações sobre o Papai Noel dos Correios 2017 poderão ser obtidas no hotsite, no endereço: http://blog.correios.com.br/papainoeldoscorreios.

 agencias-correios

História

Nos últimos três anos, foram recebidas mais de 2,5 milhões de cartas destinadas ao Papai Noel dos Correios. O objetivo principal da ação é responder às cartas das crianças que escrevem ao bom velhinho e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daquelas que estão em situação de vulnerabilidade social.

A campanha contempla, além das cartas das crianças da sociedade que escrevem diretamente ao Papai Noel, também aquelas de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos.

Desde 2010, os Correios estabeleceram essas parcerias a fim de trabalhar ações como o desenvolvimento da habilidade da redação de carta, o endereçamento correto e o uso do CEP.

| G1 Bahia

OUTRAS NOTÍCIAS