Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Brasileira é presa nos EUA acusada de tráfico sexual e lavagem de dinheiro

Brasileira é presa nos EUA acusada de tráfico sexual e lavagem de dinheiro

Uma brasileira que mora em Revere, no estado americano de Massachusetts, foi presa acusada de tráfico de pessoas para escravidão sexual, prostituição, lavagem de dinheiro e conspiração.

A denúncia contra Geralda de Matos Garland, de 57 anos, foi feita pela procuradora-geral do estado, Maura Healey. A prisão foi decretada no dia 9 de abril.

Geralda é dona do Crystal’s Day Spa, situado na Washington Avenue. De acordo com Healey, o estabelecimento era, na verdade, fachada para oferta de sexo em troca de dinheiro, o que é considerado crime pelas leis estaduais.

Ainda segundo as acusações da procuradora, Geralda aliciava mulheres para trabalhar no local e oferecia “favores sexuais de forma comercial”. As autoridades afirmam ainda que “várias vítimas foram traficadas para sexo” no day spa.

Na segunda-feira (12), a brasileira compareceu à sua primeira audiência com o juiz da Chelsea District Court. Na ocasião, ela se declarou inocente e pagou uma fiança de US$ 50 mil.

Agora, ela é monitorada por GPS, foi obrigada a entregar seu passaporte, não ter contato com as vítimas e foi proibida de deixar o estado. Uma nova audiência está agendada para o dia 11 de maio

Informações: BNews

OUTRAS NOTÍCIAS