BR-324: Após colidir contra árvore, veículo pega fogo e duas pessoas ficam feridas

Duas pessoas ficaram feridas nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (17), após colidirem um veículo, modelo Fiorino, em uma árvore na BR-324, trecho da Fazenda Pica-Pau, no distrito de Humildes, em Feira de Santana. Após o impacto, o veículo pegou fogo.

Equipes de resgate da ViaBahia e do Corpo de Bombeiros foram acionadas e debelaram as chamas.

Em entrevista ao Acorda Cidade, o Capitão Sidoval, do Corpo de Bombeiros, informou que o Centro Integrado de Comunicação (Cicom) fez o primeiro acionamento.

“Nós fomos acionados pelo Cicom para este atendimento de acidente com veículo incendiado na BR-324. Nos deslocamos da unidade do 2° Batalhão de Bombeiros Militares, que fica no bairro do Tomba, mas ao chegar aqui a equipe da ViaBahia já estava controlando o incêndio, então, demos apoio. As duas pessoas que estavam no veículo, já estavam sendo atendidas na ambulância”, disse.

Segundo o capitão, o carro estava seguindo no sentido Feira de Santana – Salvador. “O veículo estava vindo no sentido Feira – Salvador, possivelmente perdeu o controle do carro e bateu na banca de frutas e na sequência na árvore. Pegou fogo, mas com pouco tempo, o carro da ViaBahia chegou para fazer o controle”, afirmou.

Livramento

O dono da banca de frutas é José Carlos Barbosa, de 57 anos. Ao Acorda Cidade, ele contou que já estava trabalhando, mas no momento do acidente, tinha saído para buscar uma água e depois só escutou o barulho do acidente.

“Eu já trabalho aqui há 30 anos, eu já estava trabalhando, porque eu chego aqui por volta de 5h da manhã, mas aí eu fui buscar uma água e quando retornei só escutei a pancada do acidente e vi o carro aí pegando fogo. Possivelmente ele perdeu o controle do carro”, contou.

Ainda segundo José Carlos, uma das vítimas ficou presa no cinto de segurança.

“Assim que a gente viu aqui, um dos rapazes já estava logo saindo do carro, só que o outro ficou preso no cinto. Então a gente pegou o facão e foi logo cortar para tirar o rapaz. Assim que a gente tirou, o carro começou a pegar fogo. Se demorasse mais um pouco, poderia morrer dentro do carro. Foi um jovem e um homem com mais idade, mas não sei de onde eles estavam vindo”, afirmou.

Diante do impacto, toda mercadoria de frutas foi perdidas, mas segundo o comerciante, o que importa é a vida. “É um prejuízo de mais ou menos R$ 2 mil, porque ontem eu fiz a compra de todas as mercadorias aí, mas o que importa é que eu estou vivo, as pessoas também estão vivas”, concluiu.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade

 

OUTRAS NOTÍCIAS