Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Bolsonaro tem 48 horas para detalhar ao STF ações do governo contra o coronavírus

Bolsonaro tem 48 horas para detalhar ao STF ações do governo contra o coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro tem 48 horas para explicar as medidas adotadas pelo seu governo para combater a pandemia do novo coronavírus. A determinação, divulgada nesta quarta-feira (1), é do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

A medida é um desdobramento da ação protocolada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) contra o presidente. A entidade quer que o STF obrigue Bolsonaro a obedecer às orientações técnicas e sanitárias de autoridades como o Ministério da Saúde e a Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a Covid-19. As informações são do Uol.

Outra solicitação do Conselho Federal é para o Planalto respeitar determinações de governadores e prefeitos sobre a aglomerações e não se intrometa no trabalho de técnicos da pasta da Saúde. No processo, a OAB ainda pede que “o Poder Executivo proceda à implementação imediata dos benefícios emergenciais para desempregados, trabalhadores autônomos e informais, bem como proceda à imediata inclusão das famílias que se encontram na fila de espera do programa Bolsa Família, concedendo-se o prazo de 48 horas para o cumprimento”.

OUTRAS NOTÍCIAS