Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Atendimentos para chikungunya, zika vírus e dengue caem 60% em Policlínica do Tomba

Atendimentos para chikungunya, zika vírus e dengue caem 60% em Policlínica do Tomba

88802-3

Desde setembro, o número de pacientes atendidos com sintomas de dengue, chikungunya e zika vírus na Policlínica Osvaldo Monteiro Pirajá, no Tomba, reduziu em 60%, informou o coordenador da unidade, José Pires Leal. Segundo ele, a unidade chegou a atender mais de 400 pacientes por dia.

“A gente está atendendo mais diarreias, vômitos, dores abdominais, os atendimentos corriqueiros. Mas, em função dessas doenças virais, o número de atendimentos diminuiu em 60%”, afirmou.

O coordenador atribui a redução a um trabalho intensivo da Vigilância Epidemiológica (Viep) .“Com as orientações a população e também no atendimento das unidades de saúde”, acrescentou o coordenador.

OUTRAS NOTÍCIAS