Votação da LDO e apresentação de emendas à lei mostra que Câmara “não está perseguindo o governo”

“Já era para estarmos em recesso, mas aqui estamos, trabalhando de graça, para votar a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e o prefeito não dizer que a Câmara de Vereadores está a perseguir o governo”. A declaração é do vereador Paulão do Caldeirão (PSC), durante discurso na Câmara nesta terça (06). O vereador disse estar muito feliz em poder participar de um momento ímpar como a votação da LDO, ainda mais que hoje foram apresentadas diversas emendas ao projeto nº 110/2021 que trata sobre o tema.

“Essas emendas foram apresentadas em prol da população de Feira de Santana, mostrando que o Legislativo é independente. Quem ganha com isso é a sociedade feirense e o Executivo”, disse Paulão, acrescentando críticas ao prefeito Colbert Martins Filho, ao dizer que “ele é médico e poderia ser o prefeito nota 10 ou nota 100 de Feira de Santana, mas tem colocado os pés pelas mãos”.

Em contrapartida, o vereador parabenizou o presidente da Casa, Fernando Torres (PSD), “não só porque Vossa Excelência é um empresário, mas pela sua competência e postura perante esta Casa para administrar, dialogar, fazer amizades e trabalhar em prol do seu povo”. Disse que não está na Casa para jogar confete, pois quem tem dito isso não é ele, mas a opinião pública.

Informações: Ascom / Câmara

OUTRAS NOTÍCIAS