Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Vizinhos cercam casa de homem que aparece em vídeo espancando garoto de 14 anos; assista

Vizinhos cercam casa de homem que aparece em vídeo espancando garoto de 14 anos; assista

Vizinhos cercaram a casa de Victor de Sales Batista, de 27 anos, que aparece em um vídeo agredindo um adolescente de 14 anos em uma quadra esportiva da 3ª Avenida da Vila Nova Divinéia, no Núcleo Bandeirante, em Brasília (DF). O grupo tinha a intenção de questionar pessoalmente os ataques brutais ao garoto.

Em um vídeo obtido pelo site Metrópoles, é possível ver o grupo de homens em frente à residência, perguntando aos familiares de Victor onde ele estava. Acuados, o pai e a irmã do agressor ficaram o tempo todo na parte de dentro da casa, protegidos por grades. Eles disseram que Victor não estava e que o caso já era investigado pela polícia.

“Viemos defender ele. Aqui é Divinéia. Aqui é unido ainda”, disse um dos moradores. “A delegacia não vai resolver não. Nós vamos conversar com ele depois”, disse um dos homens. “Covarde do c*ralho”, bradou outro.

Assista:

O caso

As agressões foram motivadas, de acordo com os vizinhos, por assobios que o adolescente fazia para chamar a mãe na frente de casa. Uma testemunha informou que a vítima chegava em casa e assobiava para a mãe abrir o portão.

O agressor teria reclamado com o adolescente, o que motivou uma discussão. O garoto de 14 anos teria dito: “Você não vai me bater, porque não é meu pai”. O agressor, então, teria respondido: “Você vai ver se eu não sou seu pai”. Depois disso, o menor de idade foi para a quadra esportiva, o homem o seguiu e o espancou.

A mãe do adolescente abriu boletim de ocorrência na Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) e o adolescente fez exames de corpo de delito.

OUTRAS NOTÍCIAS