Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

VÍDEO: Tenente da PM viraliza na web após ajudar menina de 5 anos a arrancar dente de leite na Bahia

VÍDEO: Tenente da PM viraliza na web após ajudar menina de 5 anos a arrancar dente de leite na Bahia

Um tenente da Polícia Militar e também atua como cirurgião-dentista viralizou nas redes sociais, depois que ele ajudou uma garotinha de cinco anos a arrancar o dente de leite, em Salvador. [Assista vídeo acima]

As imagens foram postadas na página da Polícia Militar, na noite de quarta-feira (10), e às 9h30 desta quinta-feira (11) já possuía mais de 15 mil visualizações.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), na última segunda-feira (8), uma guarnição das Rondas Especiais (Rondesp) Baía de Todos os Santos (BTS) fazia incursões em busca de traficantes na localidade apelidada de Pantanal, nas imediações do Conjunto Pirajá, em Salvador, quando a garotinha parou os militares e pediu ajuda para retirar o dente.

“Depois de uma ação, a gente estava indo em direção à viatura, e ela veio até mim e disse: ‘Tio, arranca meu dente’. Eu perguntei a idade dela, perguntei se o dente estava mole e pedi a mãe dela uma roupa limpa para fazer a retirada do dente. Prometi que não iria doer e não doeu”, brincou o oficial Fábio Lira Góes.

Após o procedimento, a menina de nome Lorraine ainda posou para uma foto com o policial, que disse ter passado por um fato inédito na carreira de policial e dentista. “Foi um fato inesperado, ainda mais por ser algo relacionado a minha outra área de atuação profissional. O que mais me chamou a atenção foi a confiança que ela teve em mim, foi o que mais mexeu comigo, o carinho dela comigo”, destacou o policial.

O PM Fábio é cirurgião-dentista há 13 anos e se divide entre as escalas da polícia e os atendimentos que faz em um consultório da capital baiana.

Ele ainda contou que, após o procedimento, seguiu com o restante das guarnições à procura de criminosos que comercializam drogas na região.

OUTRAS NOTÍCIAS