Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Vídeo: Repórter da Globo passa sufoco em Petrópolis e mostra pânico ao vivo

Vídeo: Repórter da Globo passa sufoco em Petrópolis e mostra pânico ao vivo

A jornalista Ana Luíza Guimarães, da Globo, passou por momentos de tensão na quinta-feira (17/2) durante a cobertura da tempestade que devastou a cidade de Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro. Até o momento, 218 pessoas estão desaparecidas.

Ela fazia uma reportagem para o RJ2, e precisou correr com várias pessoas para um local seguro, após a possibilidade de um novo deslizamento de terra. A jornalista da Globo chegou a pegar carona com um carro que passava pelo local. A bordo do veículo, Ana Luíza relatava os momentos de desespero enquanto várias pessoas desciam o morro correndo para fugir de um possível novo deslizamento de terra.

Veja vídeo:

“A gente pegou uma carona aqui nessa caminhonete abençoada, que está descendo o Morro da Oficina. A gente estava lá em cima… A situação está muito complicada lá em cima”, relato a repórter. Pouco tempo depois, já em um local seguro, ela relatou que, enquanto gravava sua matéria e conversava com moradores que perderam tudo, todos foram surpreendidos com um temporal que aumentou mais o desespero de todos.

“Nós chegamos cedo aqui, fomos para o bairro Alto da Serra, onde fica o Morro da Oficina, local que várias casas desmoronaram com a lama. Nós estávamos ali quando começou a chover muito forte, com muitos e trovões, e as próprias equipes dos bombeiros se deslocaram de lá, porque o risco de novos deslizamentos era muito grande”, disse.

Informações: TNH1

OUTRAS NOTÍCIAS