Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Vídeo: Policiais agridem populares durante abordagem no interior da BA

Vídeo: Policiais agridem populares durante abordagem no interior da BA

Dois policiais militares foram flagrados agredindo populares durante uma abordagem na madrugada de segunda-feira (14), na cidade de Nova Soure, no interior da Bahia. A ação policial tinha como propósito acabar com o som alto que vinha de carros estacionados em uma das praças do município.

Nas imagens, gravadas por pessoas que acompanharam a ação, é possível ver que mesmo sem esboçar qualquer reação contrária ao trabalho dos agentes, homens são agredidos com socos e pontapés.

Em um determinado momento do vídeo, um homem, que está encostado em um veículo, leva um tapa no rosto. Um outro que se aproxima dos policiais recebe um tapa no peito. Também é possível ver que, bastante alterado, um dos PMs xinga uma das vítimas.

Procurada, em nota, a assessoria de comunicação da Polícia Militar informou que policiais da 21ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) receberam informações sobre um veículo com som alto, promovendo perturbação do sossego alheio e incomodando a vizinhança, na Praça Nossa Senhora da Conceição.

“Assim que os policiais militares chegaram ao local e encontraram o carro, o condutor, ao perceber a aproximação da guarnição, desligou o som rapidamente. Quando os policiais anotaram a placa do veículo, o motorista questionou em tom de ameaça o motivo do registro e alegou que o som já não estava mais ligado, bem como versando a respeito do trabalho da guarnição, que no entendimento dele, estava trabalhando errado”, diz trecho do comunicado da PM.

A assessoria acrescentou ainda que outros populares que se encontravam na região começaram a ameaçar e proferir palavrões, tentando intimidar a equipe.

“Ao tentar prender um dos indivíduos, um grupo de suspeitos começou a cercar e ameaçar os policiais, que de imediato pediram apoio ao Peto [Pelotão de Emprego Tático Operacional] da unidade, mesmo assim, o proprietário do carro fugiu do local. Posteriormente, os policiais notificaram o carro e permaneceram no local até que a população dispersou-se da região”, diz outro trecho da nota.

Por fim, a PM disse que não compactua com nenhuma prática violenta e que atua “em respeito aos direitos humanos”. “Os fatos serão apurados rigorosamente”, finalizou o órgão.

Informações: Bnews

OUTRAS NOTÍCIAS