Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Vídeo flagra advogada sendo puxada pelos cabelos em assalto no Leblon

Vídeo flagra advogada sendo puxada pelos cabelos em assalto no Leblon

Rio de Janeiro- Câmeras de segurança de prédios da Zona Sul do Rio têm registrado com mais frequência assaltos a pedestres. Nesse roubo no Leblon, um dos bairros mais nobres da capital, o vídeo mostra que uma moradora do bairro chega a ser arrastada pelos cabelos durante o crime. Veja:

Metrópoles teve acesso às imagens que mostram a mulher, a advogada Andreia Falcão da Costa Leite, de 55 anos, que teve acesso ao vídeo das câmeras de segurança há dois meses, quando ocorreu o crime, para levar à 13ª DP (Ipanema). Ela chegava em seu prédio por volta das 4h da manhã quando vê dois homens em uma moto se aproximando. Para escapar do assalto, a vítima tenta correr.

Em seguida, um dos criminosos corre atrás dela para impedir a fuga. O homem puxa a mulher pelos cabelos, de forma violenta, pega a bolsa e foge de moto com o comparsa logo depois.

“Bandidagem à vontade fazendo o que bem quer, e os frequentadores à mercê desse festival de violência! Quando cheguei na delegacia, ouvi do inspetor: “O Leblon está uma selva”. E está mesmo, a gente não pode nem sair de casa. Toda hora chega um relato novo de assalto”, disse a vítima, em entrevista ao O Globo.

A advogada teve a bolsa roubada pelos assaltantes, junto com seu celular, dinheiro e documentos, que foram localizados no dia seguinte, em uma via do Morro do Vidigal, também na Zona Sul.

“Fiquei com um pouco de dor no dia seguinte por conta do puxão de cabelo, o sapato arrebentou, mas nada muito sério. O principal é que eu estou bem e saudável”, disse Andreia.

Só em junho, mais dois vídeos de assaltos circulam nas redes sociais. Os casos aconteceram em Ipanema, bairro vizinho e região nobre do Rio de Janeiro. Veja:

Em um dos vídeos, um homem disfarçado de entregador assalta dois pedestres que estão andando na calçada. Um deles reage, tenta tirar a arma do assaltante, que chega a disparar para o alto.
Já o outro roubo a pedestres aconteceu com três jovens que estavam andando na calçada na Avenida Vieira Souto. Um rapaz que está parado em uma bicicleta, vira, mostra a arma e rende o trio. Um outro assaltante impede o grupo de fugir.

Segundo o Instituto de Segurança Pública (ISP), na avaliação de oito bairros da Zona Sul do Rio, houve um aumento nos assaltos a pedestres. São eles: Ipanema, Leblon, Rocinha, Gávea, Jardim Botânico, Lagoa, São Conrado e Vidigal.

De janeiro a abril de 2021 foram 194 assaltos. Em 2022, nesse mesmo período, foram registrados 264. Houve um crescimento de 36% na região. Embora esses roubos a pedestres tenham crescido no último ano, houve uma queda nos números na região de Ipanema, segundo a PM:

“Conforme dados compilados e divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), houve redução de 8% no indicador roubos de aparelho celular e 12% no indicador roubos a estabelecimento comercial quando comparados os períodos de janeiro-abril de 2022 e janeiro-abril de 2021 na 14ª Circunscrição Integrada de Segurança Pública (CISP), que inclui as ocorrências do bairro de Ipanema”, diz a nota enviada ao Metrópoles.

Segundo a corporação, a redução da criminalidade tem diminuído todos os meses:

“De acordo com o comando do 23º BPM (Leblon),a unidade tem conseguido reduzir mês a mês os índices criminais na região. O policiamento na área do batalhão é desenvolvido por meio de setores de Rádio Patrulha que circulam o perímetro em plantões de 24 horas, viaturas em baseamentos por diversos pontos estratégicos nos bairros da unidade militar, equipes que patrulham a faixa da areia com quadriciclos, bem como o apoio do projeto Segurança Presente nas principais rua”, segundo um trecho da nota.

OUTRAS NOTÍCIAS