Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Vídeo: Em registro raro, cobra coral-verdadeira vomita outra cobra

Vídeo: Em registro raro, cobra coral-verdadeira vomita outra cobra

Um vídeo publicado no domingo (14) pelo biólogo Gilberto Ademar Duwe, da Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente (Fujama), mostra uma cobra coral-verdadeira vomitando uma cobra-d’água após ser resgatada em Jaraguá do Sul, Santa Catarina. O caso ocorreu em janeiro deste ano. As informações são do UOL.

Em entrevista ao portal, Gilberto relatou que a coral-verdadeira foi resgatada próxima de uma residência.

Ressaltou que é comum as cobras vomitarem o alimento após serem salvas, mas o registro desse episódio é bem raro.

“Ela tinha acabado de comer, e ela precisa ter um tempo de repouso para fazer a digestão. Se ela é perturbada, ela acaba regurgitando esse alimento, até mesmo para fugir mais rapidamente. É algo comum de acontecer caso tenha perturbação.”

De acordo com ele, os moradores da residência tentaram espantá-la e isso causou estresse na coral-verdadeira.

“Eu a peguei, coloquei dentro da caixa. Daí eu ia filmar porque eu vi que a ponta do rabo da outra cobra estava aparecendo. Quando comecei a gravar, ela começou a regurgitar”, disse Gilberto.

O biólogo explicou que a espécie coral-verdadeira se alimenta de outras cobras. É capaz até mesmo de comer jararacas. “Elas gostam muito de cobra-d’água e dormideiras, que são duas espécies que não são peçonhentas, mas há registros delas comendo jararacas.”

Segundo Gilberto, o veneno da coral-verdadeira é considerado o mais letal do Brasil. No entanto, os acidentes envolvendo a espécie chegam a 1%.

“Apesar de ela ter veneno forte, a boca é menor e ela não dá bote. O acidente ocorre quando as pessoas pegam ela na mão”, finalizou.

Informações: Istoé

OUTRAS NOTÍCIAS