Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Vereador pega ônibus coletivo em Feira de Santana e diz: Quero sentir as dificuldades da população

Vereador pega ônibus coletivo em Feira de Santana e diz: Quero sentir as dificuldades da população

Pedro Cícero, vereador pelo partido Cidadania, buscou sentir na pele as reivindicações da população de Feira de Santana em relação ao transporte público. Na noite dessa terça-feira (23) o vereador, que reside no bairro Viveiros, foi ao terminal central, aguardou e ouviu os passageiros antes seguir para o ônibus.

Segundo ele, as reivindicações são praticamente unanimes: a superlotação dos ônibus. Segundo Pedro, o objetivo de pegar o transporte público foi mostrar a situação difícil que o povo vive.

“O objetivo na verdade foi mostrar que realmente a população está passando dificuldade para chegar às suas residências. Fiquei das 17 às 19h e todos os carros entraram e saíram do transbordo lotados. Eles alegam que não têm passageiros. Como não tem passageiro se teve gente do bairro Viveiros que ficou para trás, gente do bairro Aviário, dos três Riachos porque no ônibus não teve condições de levar o pessoal?” questionou.

O vereador, que está em seu primeiro mandato, disse que pretende levar os problemas vividos pelo povo até o secretário Municipal de Transportes e Trânsito, Saulo Figueiredo e as empresas responsáveis pelo transporte, e que irá solicitar um aumento da frota de ônibus na cidade.

“Nossa intenção é ajudar a população. A empresa tem que colocar mais veículos para rodar nos bairros, uma vez que foi reduzida 70% da frota, mas o comércio voltou a funcionar normalmente. As empresas devem rever isso, analisar e fazer uma reflexão porque o povo está passando por uma situação difícil, num período desse de pandemia. A doença tende só a aumentar. Para o Viveiros roda três carros, mas a partir de 18h eles começam a tirar e rodam só dois. Esse aqui, inclusive, está indo para a garagem. A reclamação dos passageiros é uma só. Os carros estão saindo lotados nestes horários das 17 às 19 e pela manhã das 6 às 8h estão saindo lotados também. Eu fui realmente conferir o que a população de Feira de Santana, de todos os bairros, está passando. 90% da população está reclamando. Vai ter que ser resolvido sim, de uma forma que venha adiantar o lado de todo mundo porque a empresa quer adiantar o lado dela e atrasar o lado da população”, declarou o vereador.

A frota do transporte público na cidade foi reduzida por conta da queda no número de passageiros, quando foi declarado fechamento do comercio devido a pandemia, porém com a reabertura do comércio, a população reclama que os ônibus estão sempre lotados e não houve a readaptação da frota para o número de passageiros.

As empresas de ônibus alegam no entanto, que estão passando por um crise financeira, tendo que demitir mais de 200 funcionários, e para isso abriram um programa de demissão voluntária. Para os gestores das empresas, não se tem nenhuma perspectiva de aumento no número de veículos em circulação, apesar das reclamações constantes.

OUTRAS NOTÍCIAS