Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Vereador Pedro Cícero escracha Zé Curuca por traição ao grupo: “Seja homem, vereador. Por isso dizem que a Câmara virou uma cachorrada”

Vereador Pedro Cícero escracha Zé Curuca por traição ao grupo: “Seja homem, vereador. Por isso dizem que a Câmara virou uma cachorrada”

“Deu showzinho de choro por causa do emprego de salário mínimo da mulher e voltou. É por essas e outras que ouço nas ruas que a Câmara de Vereadores virou uma cachorrada”. As alfinetadas foram do vereador Pedro Cícero em direção ao colega Zé Curuca, na sessão desta quarta-feira (29), na Câmara Municipal.

Em pronunciamento forte na tribuna da Casa, Pedro Cícero se pronunciou, mesmo que tardiamente, sobre o “pulo” de Zé Curuca, que deixou o grupo dos independentes na Câmara, e voltou para a base do governo municipal. “Isso é uma vergonha para Feira de Santana. Não estou aqui defendendo o presidente Fernando Torres. Defendo os interesses do povo de Feira. Seja homem, vereador”, enfatizou.

“O senhor deveria chorar não era pelo salário mínimo de sua esposa, que até hoje não voltou, pelo que sei. Deveria chorar pelas pessoas sofrendo nas unidades de saúde sem médicos, deveria chorar pelas pessoas que fizeram concurso e até hoje não foram chamadas. Eu queria que vossa excelência estivesse aqui na sessão para se pronunciar”, completou Pedro Cícero.

Informações: O Protagonista

OUTRAS NOTÍCIAS